G01115001
/ Aquatica/ Blizzard Beach/ Discovery Cove/ Typhoon Lagoon/ Volcano Bay/ Wet'n Wild

13 Super Dicas para curtir os Parques Aquáticos de Orlando

O verão nem começou nos Estados Unidos, e as temperaturas já estão passando dos 30ºC em e isso é uma ótima condição para visitar os parques aquáticos de Orlando. E nas últimas semanas tivemos uma overdose de parques aquáticos. Além de visitarmos todos os parques aquáticos de Orlando, ainda passamos o feriado em Fortaleza, e voltamos ao Beach Park, que por sinal nós adoramos.

E depois de tanta experiência “molhada”, reunimos algumas dicas importantes para você curtir um dia num parque aquático com diversão garantida.

Dicas para curtir os parques aquáticos de Orlando:

Confira a previsão do tempo e o calendário de funcionamento

Parque aquático é uma atração que está diretamente ligada ao clima. Se fizer frio ou chover o passeio pode ser estragado.

É claro que chuva leve não atrapalha em nada, pois já está todo mundo molhado, mesmo. Mas com chuvas fortes, com trovões e raios, os parques aquáticos são automaticamente fechados e todos devem se retirar das piscinas.

No caso de temperaturas abaixo dos 10ºC os parques aquáticos de Orlando também não abrem
. Para nós brasileiros isso não faz muita diferença, pois normalmente não arriscamos esse tipo de passeio numa temperatura de menos de 18ºC em média, mas dependendo da nacionalidade do visitante, como os canadenses, por exemplo, 10ºC ainda é bem “agradável” para brincadeiras na água.

Então, para estar prevenido contra chuvas e trovoadas e também contra o frio, não deixe de consultar a previsão do tempo. Eu sempre recomendo o site weather.com, que costuma ser bem assertivo nas previsões e mostra a previsão hora-a-hora. Tendo conhecimento da previsão, você pode ajustar seu programa e alterar a programação caso o parque aquático seja inviabilizado pelas condições climáticas.

Normalmente os parques aquáticos de Orlando costumam abrir o ano inteiro. Nos meses de frio alguns parques não abrem todos os dias da semana, então é sempre importante consultar o calendário de funcionamento dos parques para se programar direitinho. Lembrando que a água é climatizada, então mesmo no inverno a temperatura da água se mantém a mesma.

Chegue cedo aos parques aquáticos

Essa dica não é somente para você aproveitar mais o parque; é simplesmente para você “guardar um lugar ao sol” (ou fora dele). Diferente do que acontece com os parques temáticos, nos aquáticos você normalmente precisa armar acampamento em algum ponto e dali seguir para as atrações. Isso significa pegar alguma cadeira/ espreguiçadeira, deixar chinelo, toalha, etc e ter um lugar para chamar de seu ao longo do dia.

Nós percebemos que as famílias chegam bem cedo e escolhem os melhores lugares e ficam por ali o dia inteiro. Normalmente os lugares mais concorridos são à beira da piscina de ondas e perto das áreas infantis. Mas mesmo assim em todas as áreas achamos que sempre tinha mais gente no parque do que cadeiras disponíveis. Então a melhor estratégia é chegar cedo, escolher um lugar e tomar posse dele para o resto do dia. Deixe toalhas e cangas nas cadeiras, por exemplo, que ninguém costuma mexer.

Estude o mapa

Para não perder tempo, estude o mapa do parque com antecedência (você encontra aqui no blog o mapa dos parques) e já escolha uma região que seja melhor para você. Se tem crianças, por exemplo, a melhor opção é perto da área infantil, pois dá para deixar a criançada brincando e ficar sentado olhando de longe.

Você também encontra painéis com mapas ou mapas impressos nos parques

Caso você não queira determinar um ponto para ficar no parque, sugiro que o seu local seja o armário, pois você pode deixar tudo lá dentro e só ficar circulando no parque, sem cadeira fixa. Lembrando que nessa opção você pode não encontrar lugar para sentar ao longo do dia caso queira dar uma relaxada, ou até mesmo cochilada.

Cuidado com os objetos pessoais

Por falar em armário, eu mencionei que ninguém mexe em nada, mas não dá para deixar objetos de valor soltos nas cadeiras. Estamos falando de Estados Unidos, mas lá nem todo mundo é santo, então não bobeie.

Nós chegamos a deixar celular dentro da bolsa que ficou sozinha em cima da cadeira e nada aconteceu, mas não é muito aconselhável. Câmeras e documentos não deixamos de jeito nenhum. Então, de duas a uma: ou não leve nada de valor para o parque ou alugue um armário.

O aluguel de armário varia de parque para parque, mas custa em média US$10,00, dependendo do tamanho. E em geral são dois tamanhos de armário: o pequeno e o grande. Se você tem pouca coisa, um pequeno é mais do que suficiente (o Discovery Cove já possui aluguel do armário incluso no ingresso).

Exemplo dos tamanhos de armários nos parques aquáticos

Em todos os parques, além do valor do aluguel, você paga um depósito de normalmente US$5,00. Ao devolver a chave no final do dia, esse valor é devolvido.

Importante tomar cuidado com óculos, joias e outros pertences nas piscinas e tobogãs. Eu perdi um óculos num tobogã no Typhoon Lagoon. Consegui recuperá-lo, mas foi uma epopeia. Contei nesse post como foi. Então fique atento!

Já vá preparado

Eu recomendo que você já vá com traje de banho por baixo da roupa. Assim evita ter que levar mais isso na bolsa. Nós já íamos de maiô por baixo da roupa e usando chinelos. Ao chegar lá, só guardávamos a roupa no armário alugado. Sempre deixamos tênis e meia no carro.

Sempre levamos roupa de baixo (leia-se calcinha/sutiã e cueca) dentro da bolsa. No final do dia, tomávamos uma ducha e vestíamos essas roupas de baixo limpas e a mesma roupa que chegamos ao parque, assim não precisávamos sair do parque com traje molhado.

Quando estávamos a caminho de outro evento ou atração e não voltando direto para o hotel, simplesmente vestíamos os tênis que estavam no carro.

Além disso, levávamos saco plástico para guardar a roupa molhada (o Discovery Cove era o único parque que fornecia saquinhos para os trajes de banho) e sempre tínhamos sabonete e shampoo na bolsa (o Aquatica e o Discovery Cove forneciam esses itens nos vestiários).

Vestiário do Aquatica

Aconselho se dirigir ao vestiário pelo menos uns 40 minutos antes do fechamento do parque, pois depois disso, todo mundo resolve ter a mesma ideia e os banheiros ficam lotados.

Atenção aos trajes de banho

Ao contrário do que haviam me falado, as mulheres usam sim biquíni nos parques aquáticos. Acabei comprando maiô, pois o que me disseram era que as mulheres costumavam ir só de maiô e chegando lá encontrei outra realidade: mais da metade das mulheres em todos os parques estava usando biquínis normalmente.

Porém, não vi nenhum fio-dental ou algum biquíni ousado. Era todos “normais”, sem grandes exibições.

Já os homens realmente não costumam usar sunga. 99% dos homens estavam usando short ou bermuda.

Portanto, se você não quer chamar a atenção e quer ser simplesmente ser mais um na multidão, vista-se como eles.

Defina como vai se secar

Todos os parques oferecem toalhas para aluguel. A maioria cobra US$2,00 por toalha (no Discovery Cove as toalhas já estão inclusas no ingresso). Alguns cobram o valor do depósito e outros não.

Vantagens de alugar a toalha: você usa, se enxuga e deixa o B.O. da toalha molhada para eles resolverem. Você não precisa voltar para o hotel com aquela toalha molhada e não ter onde pendurar.

Desvantagens da toalha: fila para alugar e algumas vezes fila para devolver a toalha e receber o depósito de volta. Sem contar o custo.

Se você não quer ter que se preocupar em levar nada disso, alugar é a melhor solução. Se você prefere economizar, sugiro levar a sua própria toalha, porém já vá organizando como e onde vai estendê-la para secar. Se estiver numa casa ou hotel que possua máquina de secar, seu problema está resolvido.

Se o sol estiver de rachar, outra alternativa, menos adequada na minha opinião, é deixar para se secar ao sol. Assim elimina os dois problemas mencionados.

Abuse do protetor solar

Não se esqueça que no parque aquático você está praticamente sem roupa e que tudo ocorre no sol: a fila, a atração, o restaurante… Portanto você está super exposto o tempo todo e o sol pode ser um vilão. O que era para ser diversão, pode acabar num pesadelo.

Eu acho um saco passar protetor solar, então sempre usamos protetor spray. No Brasil eles ainda são meio caros, mas lá custa bem baratinho e é bem rápido e prático de passar. Então para facilitar essa ação chata, mas necessária, recomendo os protetores em spray.

Eu uso os da Coppertone que não são muito melados e tem diversos fatores de proteção. Além disso tem também linha de bebê e criança e ainda algumas opções que podem ser aplicados incluse com corpo molhado. Muuuuito melhor que o tradicional protetor em loção. É uma ótima opção para não perder seu tempo de parque passando protetor.

Ah… Não esqueça de passar protetor no peito do pé e orelhas, por exemplo. São áreas que a maioria das pessoas acaba esquecendo.

Identifique e proteja as as crianças

Super cuidado com as crianças. Além do item acima, que deve ter atenção especial nos pequenos, não deixe de identificar as crianças de alguma forma. Para perder uma criança no meio de tantas outras num parque aquático é facinho. Não confie no seu olho clínico…

Coloque pulseiras, crachás… qualquer coisa que identifique a criança e forneça o número do telefone dos pais. Caso a criança se perca é muito mais fácil para te localizarem. Eu costumo usar pulseiras de identificação na minha filha. E usamos até hoje, pois ela não saberia se comunicar em inglês para passar as informações básicas.

Área infantil do Aquatica

Área infantil do Wet’n Wild

Oriente a criança a procurar um funcionário, de preferência um salva-vidas e explique o que fazer caso ela não encontre vocês.

Além disso, se a criança não souber nadar, é importante colocar coletes salva-vidas. Todos os parques possuem coletes à disposição. Em alguns parques estão expostos e em outros devem ser solicitados, mas em todos eles não há custo extra.

Cabideiro de coletes no Aquatica

Coma leve

Como as atividades serão na água e muitas delas exigem certo empenho físico, não é recomendado nem ficar sem comer, nem comer demais. Então abuse das opções leves. Todos os parques possuem pratos leves e mesmo assim saborosas para a sua refeição.

Flatbread do Blizzard Beach

Roll e frutas do Typhoon Lagoon

Em muitos parques aquáticos você encontra um cardápio unificado que mostra tudo o que é vendido em todos os restaurantes e quiosques do parque. Se algo te chamou a atenção, basta se dirigir ao restaurante indicado. Achei super prático!

Cardápio centralizado do Blizzard Beach

Tire fotos na água; são as mais divertidas

Se possível dê um jeito de tirar fotos dentro da água. Hoje em dia existem sacos ou caixas próprios para acondicionar câmeras e celulares de forma que eles se tornem à prova d’água.

Além disso existem câmeras que já são à prova d’água (waterproof), que podem ir para a praia ou piscina sem nenhuma proteção.

Nos parques também costumam ser vendidas câmeras descartáveis, mas essas ainda são à base de filme e isso está no século XIX, e você vai ter que revelar o filme. Na pior das hipóteses é uma solução, mas não é das mais práticas.

Se você conseguir uma dessas alternativas, tenho certeza que você vai curtir, pois é bem engraçado e algumas fotos até que ficam lindas…

Tentativa de selfie embaixo d’água

Gente que acabou de levantar do caldo

Se o orçamento permitir, alugue um espaço VIP

Essa é a dica mais difícil de seguir, pois é cara.

Todos os parques alugam cabanas ou espaços VIP’s em seus parques. São lugares privativos, mais isolados e com alguns mimos. A maioria deles incluem cofre e toalhas. E outros incluem até frigobar e garçom.

É simplesmente uma delícia, porém é um privilégio caro. Nenhuma cabana privativa sai por menos de US$160,00. Em alguns parques e mordomia chega perto de US$400,00.

E aí você tem a ideia de dividir em 3 ou 4 família e “diluir” o custo? Pois é, isso não pode… Esses espaços normalmente são para no máximo 6 pessoas. Alguns aceitam até 10 pessoas com acréscimo por pessoa extra. Portanto, acaba ficando caro do mesmo jeito…

Isso significa que não é para qualquer um e normalmente não dá para encarar. Mas se o seu orçamento permitir, se dê esse luxo, pois o conforto é tudo de bom…

Cabana do Aquatica

Cabana no Blizzard Beach

Cabana to Typhoon Lagoon

Espreguiçadeira reservada do Wet’n Wild

Espaço reservado no Wet’n Wild

Deixe as compras para o final do dia

Todos os parques possuem lojinhas com souvenirs bem legais e também artigos de primeira necessidade, como protetor, óculos escuros, trajes de banho…

Eu recomendo deixar as compras para o fim do dia, quando você já está indo embora, assim não precisa se preocupar em guardar as lembrancinhas que comprou.

A exceção é para os artigos que serão usados ao longo do dia, como uma toalha ou chapéu, por exemplo ou quando o que você vai comprar cabe no seu armário. Aí você já pode comprar e deixar guardado. Caso contrário deixe tudo para o final, que é mais prático.

Lojinha do Typhoon Lagoon

Lojinha do Aquatica

Tenho certeza que se você seguir essas dicas, você muito provavelmente terá um dia super proveitoso e divertido nos parques aquáticos de Orlando.

E não deixe de ler nossos posts sobre os parques aquáticos aqui no blog para ficar ainda mais inteirado do que cada parque oferece.

E em posts futuros vamos passar as nossas impressões e dicas de cada um dos parques aquáticos. Acompanhem!

Já conhece os serviços da Andreza?

6 comentários em “13 Super Dicas para curtir os Parques Aquáticos de Orlando”

  1. Andressa, tenho um domingo e uma terça no meu calendário (início de outubro) para ir a um parque aquático, provavelmente iremos ao Aquatica, qual dia você me indica estar menos cheio? Detalhe, na terça é nosso dia de ir embora, nosso vôo previsto seroa as 20:25h.

  2. Andreza tenho 2 filhos de 7 e 9 anos e estamos escolhendo 1 parque aquatico para ir, qual vc indica?
    Obrigada
    taissa

  3. Oi Andreza!
    Estou indo com dois filhos pequenos em dezembro (5 e 9 anos). Vc acha que vale a pena algum parque aquatico ou estará frio para isso?
    Obrigada!

    1. Oi,
      Marian
      Muito difícil dizer sobre o clima, já fui nesse período de Dez e Jan e teve dias de 33°C como teve dias de 10°C. O que eu sugiro é perto da data de ida, olhar os sites como Weather Channel, porque com 10 dias da data as previsões já são acertivas e você pode difinir se vale a pena ir ao parque aquático.
      Fico a disposição
      Abraços e Obrigada

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *