DSC072195
/ Dentro de parques/ Interação com animais/ SeaWorld

Dine with Shamu: Refeição com as baleias no SeaWorld

Recentemente tivemos a oportunidade de fazer a famosa refeição Dine with Shamu, no SeaWorld. Nós estávamos em San Diego, porém no parque de Orlando o esquema é muito semelhante. Nós não tínhamos reserva e conseguimos na hora, mas é porque o parque estava muito vazio e tivemos sorte, mas recomenda-se reserva, sim. O restaurante é localizado em volta de uma das piscinas onde ficam as baleias.

São algumas fileiras de mesa. De todas elas é possível ter uma boa visão, mas nada como sentar bem pertinho do vidro, como nós sentamos.

O método é buffet e você se serve à vontade. A comida estava muito gostosa. A variedade não era enorme, mas tinha opções como camarão, por exemplo. Purê de batata, legumes, salada, carne… Achei tudo bem saboroso!

Atenção: as opções no SeaWorld Orlando são diferentes e o cardápio é mais simples.

As sobremesas estavam normais. Mais bonitas do que gostosas, como ocorre em muitos restaurantes nos Estados Unidos. O cheesecake estava bem gostoso.

Durante a refeição as baleias ficam somente nadando para lá e para cá. Às vezes levantam para respirar… E raramente fazem alguma coisa ensaiada, o que é bem legal. Uma treinadora fica por aproximadamente uns 30 minutos falando sobre as baleias e passado instruções. Essa parte acaba sendo bem chata para quem não fala o idioma, pois a mulher fala e fala e a pessoa não compreende nada.

Mesmo depois que os treinadores terminam as explicações, as baleias continuam ali nadando até a saída de todos os visitantes. Achei muito bonito ver as baleias assim de pertinho… Eu que não sou muito fã dos shows com animais, adorei a experiência, pois achei o contato muito mais próximo e elas mais livres fazendo o que querem no tanque.

Aliás, a foto que está no topo do blog foi pura sorte: pedimos ao nosso garçom para tirar uma foto nossa quando uma das baleias estivesse passando e quando ele foi clicar, uma delas se levantou. Isso para dizer que a baleia não “posou” para a foto a pedido dos treinadores. Foi algo super inesperado! O garçom ficou todo feliz com o resultado!

Outro detalhe que achei muito interessante foi a proximidade dos treinadores com as baleias durante esse período. A todo momento os treinadores estavam próximos delas, dando comida praticamente na boca , acariciando e beijando o focinho delas… Isso me levou a pensar uma coisa: se esses treinadores supostamente maltratam os animais durante os treinamentos, conforme acusações, como esses animais não atacam os treinadores?

Tudo me leva a crer que existe um “certo exagero” em algumas coisas que são faladas por aí sobre o treinamento dos animais, pois se tudo fosse verdade com certeza os animais não seriam tão dóceis quando próximos dos treinadores. O SeaWorld tem argumentos a seu favor que contradizem as denúncias do documentário Blackfish, que acusa o parque de torturar animais. Acho que vale a pena ler para tirar as suas próprias conclusões.

Bem, abaixo fizemos um pequeno vídeo com imagens das baleias durante o almoço e vocês podem verificar tudo o que dissemos sobre a experiência.

Sinceramente superou minhas expectativas… Achava que era mais “coreografado”, quase que um show vip e justamente o que me encantou foi vê-las nadando ali pertinho, “sem compromisso”… E a filhota não preciso nem dizer né… Ficou doida e só falava “Mãe, olha o olho dela”, “Mãe, ela tem um buraco na cabeça”, “Olha, pai, o tamanho dela…”. Endoidou!!!

INFORMAÇÕES IMPORTANTES:

– Em Orlando a refeição normalmente custa US$29,00 para adulto e US$19,00 para crianças. Em feriados e temporada custa US$34,00 adulto e US$24,00 criança. Geralmente acontece entre 16 e 18h. As reservas podem ser feitas no site do SeaWorld Orlando.

– Já em San Diego a refeição custa US$35,00 para adulto e US$20,00 e costuma acontecer às 13h. As reservas podem ser feitas no site do SeaWorld San Diego.

– O pagamento é feito no site, no momento da reserva.

– As reservas são recomendadas, pois é um restaurante bem popular nas duas unidades. Caso não tenha reserva e queira arriscar no dia como fizemos, procure o Guest Relations para verificar se há disponibilidade.

– Como já mencionado, os pratos servidos nos dois parques são diferentes.

– Como tem um vidro separando os vistantes das baleias, não existe possibilidade de se molhar.

– Como é um restaurante dentro do parque, é necessário ingresso de acesso ao parque.

Tenho outros posts com avalição de outros restaurantes em Orlando e também Avaliação de restaurantes com personagens reunidos em post índice para facilitar a busca.

Agradecemos ao SeaWorld Parks os ingressos para o SeaWorld San Diego.

Já conhece os serviços da Andreza?

4 comentários em “Dine with Shamu: Refeição com as baleias no SeaWorld”

  1. Não preciso ir a um parque desses para tirar minhas próprias conclusões! É ridículo que em 2015 ainda tenhamos que ver matérias e parques de show com animais que vivem em condições de cativeiro. Sem a natureza, sem vida… É sem comentários uma matéria dessas que com certeza foi patrocinada! Não se iludam com posts lindos e maravilhosos com esse que tentam enganar as pessoas! Ainda, as mesas vazias foram sorte da nobre blogueira ou o pessoal está ACORDANDO para a realidade chocante de maus-tratos que existe ao fundo de um parque desses!

  2. Olá Andreza!!!!
    Hoje (6/9/15) fui com meu filho (6 anos) e minha esposa no Sea World com Dine With Shamu e depois de cerca da 30min das baleias nadando livremente, houve uma apresentação exclusiva para os participantes. Sensacional!! Foi acrescentado ao jantar ou nos demos muita sorte mesmo?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *