Foto Fotolia - Giuseppe Porzani
/ Disneyland Paris

Indicação de motorista brasileiro em Paris

Hoje tenho uma indicação para passar e também contar como a vida é engraçada, cheia de coincidências e que acabamos cruzando com as mesmas pessoas em diferentes momentos da vida.

A indicação é sobre um serviço de transfer em Paris com motorista brasileiro com a empresa França entre Amigos que usamos na nossa última viagem e que foi excelente. Mas primeiro eu vou contar porque a vida é engraçada…

Há muitos anos, trabalhava na mesma empresa que eu um rapaz chamado Luiz. Não éramos da mesma área, mas algumas atividades de ambas as áreas eram interligadas, então tínhamos certo contato, mas não muito. Até aí nada relevante…

O Luiz saiu da empresa, numa era pré Facebook, perdemos contato e fim… Não, essa estória não acaba aqui… Depois de anos, um colega em comum, que ainda permanecia na empresa, tinha acabado de voltar de uma viagem a Paris e comentou que o Luiz havia se mudado para a França e que estava trabalhando com transporte de passageiros na região. Me contou que usou os serviços dele lá cidade. Mas nossa conversa parou aí.

Muitos meses depois do comentário desse colega, o Luiz me achou no Facebook e contou que havia conversado com uma blogueira brasileira que morava em Paris e que ela falou sobre o meu blog. Ele vendo o blog, lembrou de mim pelo nome e pelas fotos… Olha só a coincidência!!

E agora, nessa nossa última viagem a Paris, fiz questão de usar o serviço deles e aproveitar para reencontrar o Luiz e conhecer a sua família.

Fiquei muito contente com o que vi. O Luiz, junto com a esposa Priscilla, abriram a empresa França entre Amigos, com uma frota de veículos, equipe, site… Não é só ele e o carro, não. É uma coisa séria. E é bem bacana ver que, alguém que você não tem notícias há tempo, está bem e fazendo sucesso. Fiquei bem contente!!!

Mas agora chega de estórias do passado, e deixe contar como foi a experiência. Usamos o serviço da empresa por 3 vezes em 9 dias em Paris e vou contar detalhes.

Transfer Aeroporto de Paris – hotel

O primeiro trajeto que fechamos com eles foi do Aeroporto Charles de Gaulle até o Hotel Tourisme Avenue, onde ficamos hospedados, que é perto da estação la Motte-Picquet. Nosso voo chegou no horário certinho, mas a fila da imigração demorou quase 2 horas. Foi um inferno!!! Mas o Aníbal, da equipe do França entre Amigos, nos esperou pacientemente do lado de fora. Quando saímos, lá estava ele com uma plaquinha com o nosso nome.

motorista brasileiro em Paris
Com o Aníbal na chegada no Hotel Tourisme Avenue

Ele nos ajudou com as malas e nos levou até o hotel. Chegando lá, não satisfeito, ainda nos ajudou no check-in. E olha que eu me viro no inglês e poderia ter feito sozinha, mesmo o idioma local sendo o francês, mas ele fez questão de nos ajudar para ter certeza que tudo sairia bem. Só depois de devidamente registrados é que ele foi embora.

Transfer hotel – Disneyland Paris

No quarto dia de viagem seguimos para a Disneyland Paris logo cedo. Cinco minutos antes do horário marcado o Junior, outro funcionário da equipe, estava na porta do nosso hotel para a viagem. Embarcamos e seguimos para a Disney. Em mais ou menos 45 minutos chegamos lá. Ao chegarmos, o Junior também fez questão de acompanhar o check-in no hotel até o fim; até recebermos ingressos, vouchers de alimentação, etc.

motorista brasileiro em Paris
Com o Junior na chegada no Hotel Cheyenne

Muita gente perguntou porque não fiz o trajeto de trem. Eu conheço esse trem, já usamos e até já fiz um post no blog sobre como chegar à Disneyland Paris, porém estávamos com muitas malas, então não seria nada simples seguir de trem e a melhor opção seria realmente um traslado até a Disney.

Transfer Disneyland Paris – Aeroporto de Paris

E nosso último contato com a equipe do França entre Amigos, foi com a Erika, que nos buscou no Hotel Cheyenne, onde ficamos hospedados na Disney, e nos levou até o aeroporto. Dez minutos antes do horário marcado fomos para a recepção, onde combinamos de nos encontrar e ela já estava lá. Nos ajudou a carregar o carro e lá fomos nós, infelizmente, para o aeroporto.

Fomos conversando sobre a corrida da Disney que havíamos participado e meu marido reconhecendo no nosso trajeto lugares onde passou a prova de 21km e a Erika explicava o que era cada um desses locais.motorista brasileiro em Paris

Em aproximadamente uma hora chegamos ao aeroporto. A Erika ajudou a descarregar o carro e quando já estávamos nos despedindo ela falou “não, mas eu vou lá dentro ajudar vocês com o check-in”. Falamos que não precisava, mas ela insistiu.

Ao chegar nos balcões ela sugeriu fazermos o check-in no totem e eu, de primeira, recusei, pois na ida nós tivemos problemas porque as passagens não tinham sido compradas juntas e foi complicado colocar todos sentados juntos (estávamos em 6), então eu já deduzi que não não seria simples na volta também. Mas ela insistiu para verificarmos primeiro e não é que ela tinha razão: a atendente da companhia área no Brasil já havia unificado todas as reservas e marcado assentos próximos e pudemos fazer o check-in nos totens de auto-atendimento e foi super simples. Aí foi só despachar as malas. Que bom que ela insistiu, senão teríamos ficado na fila praticamente à toa.

motorista brasileiro em Paris
Erika nos ajudando com o check-in e com cartão de embarque emitido

Bem, e porque eu contei tudo isso? Para mostrar que eles realmente foram muito solícitos. Isso não é jabá, post patrocinado, não é troca de favor e muito menos indicação de amigo, porque como contei para vocês, eu e o Luiz não tínhamos mais contato, então eu não tinha nenhum motivo para indicar se não fosse pura e simplesmente pelo trabalho que foi muito bacana.

Carros limpos e grandes, equipe super bem vestida (afinal estamos em Paris 🙂 ), super pontuais, prestativos, simpáticos… E brasileiros, o que já é ótimo. Muito melhor que pegar um taxista estrangeiro que não consegue nos entender e nem nós a ele 🙁 Até seleção de todo tipo de estilo musical eles tinham no carro para escolhermos. Ah! E já estava me esquecendo: e com wi-fi a bordo!

Vocês vão perguntar: mas não é mais barato ir de trem? É e já fizemos isso na outra viagem. A malha de trem e metrô em Paris é perfeita, mas tem muitas escadas e com malas, crianças… não ia rolar, então dessa vez realmente seria necessário uma “ajuda” extra… E foi a melhor coisa que fizemos.

Eles fazem também passeios de meio dia, como City tour , Versailles ou Giverny e passeios de dia inteiro como Val du Loire e Champagne e mesmo tours de vários dias, acompanhando famílias pelo interior ou litoral da França. Algo bem personalizado e diferenciado.

Eles tem uma política de translado 100% garantido, isso é, mesmo que ocorra atraso no voo, trem… eles não cobram nenhum adicional e garantem que sempre haverá alguém para buscar o cliente e sem custo extra.

Realmente recomendo fortemente e confesso que superou as nossas expectativas.

Para contatá-los, acesse o site França entre Amigos. Fala que você é amigo da Andreza, que é amiga do Luiz… Quem sabe te dão algum mimo extra 😀

E se eu encontrei o Luiz? Não!!! Ele estava fora da cidade acompanhando clientes num desses tours de semana inteira. Então se você contratar o serviço deles e der a sorte de encontrar com ele pessoalmente, fala que eu mandei um abraço e que ele está me devendo uma visita no Brasil 🙂

 

Foto do topo: Fotolia – Giuseppe Porzani

Já conhece os serviços da Andreza?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *