conciliar viagens e escola
/ Blogagens Coletivas

5 dicas para conciliar viagens e escola – Blogagem Coletiva

Está rolando uma blogagem coletiva (quando diversos blogueiros escrevem sobre o mesmo tema) entre os blogs de viagens em família com dicas para conciliar viagens e escola e achei super importante participar, pois muita gente me pergunta sobre isso.

Aliás eu já cheguei a receber algumas vezes a seguinte pergunta “a sua filha não estuda?”. Eu acho que as pessoas veem fotos nossas em Orlando nas redes sociais o ano todo e acham que a gente está sempre viajando. Mas não é assim… Ela acaba faltando algumas vezes durante o ano letivo, sim, mas nada perto das pessoas imaginarem que minha filha não estuda, né. É uma pergunta que até me deixa meio chateada. Será que tem gente que acha mesmo que minha filha está fora da escola? 🙁

Então, quando sugeriram esse tema, eu achei ótimo, pois assim posso falar desse assunto, explicar como fazemos e dar as nossas dicas para conciliar viagens e escola.

conciliar viagens e escola
A “culpada” por esse post há exatas duas semanas, na última viagem que perdeu aula

Porque viajamos no período escolar

Como meu blog é minha profissão, viajar às vezes não é uma opção e sim uma “necessidade”. Preciso visitar Orlando em diferentes épocas em função dos eventos e novidades que ocorrem por lá o ano todo. Algumas vezes é possível ir sem minha filha, mas na maioria das vezes a presença dela é importante também, pois é a visão dela, de algumas atrações e programas, que também servirá de parâmetro para os posts.

Portanto, apesar de ser extremamente divertido, viajar para Orlando para nós é trabalho e não férias. Não viajamos para lá como a maioria das famílias que viajam para curtir; nós viajamos para fotografar, filmar, escrever, relatar… absolutamente tudo o que vemos! E por isso algumas vezes as nossas viagens para Orlando (ou algum assunto Disney) podem ocorrer durante o ano letivo e não necessariamente por preço ou coisa assim.

Quando a viagem é puramente férias, sempre que possível organizamos para que ela ocorra dentro do período que não impacte as aulas. Foi o que ocorreu com a nossa viagem para a Califórnia e Canadá com Alasca, que ocorreram respectivamente nos meses de janeiro e julho. Apesar das duas terem tido um pouco de trabalho na viagem 🙂 (para quem não acompanhou, quando estivemos na Califórnia visitamos os parques da Disney, Universal e SeaWorld por lá e no Canadá fizemos o cruzeiro da Disney pelo Alasca)

E depois de 4 anos de blog e 10 anos da nossa baixinha, já temos “alguma” experiência sobre o assunto e vamos dar algumas dicas para conciliar viagens e escola.

Como conciliar viagens e escola

1- Evitar faltas ao longo do ano

Evitar faltas é uma das coisas mais importantes aqui em casa: se é para faltar, que seja com motivo. Ela não tem nenhuma outra falta ao longo desse ano, por exemplo, que não tenha sido em função de viagens. Inclusive chega de viagem de manhã e já vai para a escola no mesmo dia à tarde, para não perder mais nenhuma aula. E graças a Deus também quase não fica doente. Então só o fato de não ter mais faltas além dessas relacionadas a viagens já ajuda muitíssimo. Com isso já saímos com uma vantagem, pois ela não chega nem perto do número máximo de faltas permitido.

2- Negociar com a escola

A escola dela sempre é avisada. Eles conhecem a nossa “situação” e sabem que algumas escapulidas de vez em quando serão necessárias. Sempre que temos alguma viagem programada, eles ficam sabendo com semanas ou até meses de antecedência. Assim organizamos juntos a ausência. Avaliamos quantos dias será perdido e organizamos o que precisará ser feito durante a viagem. Quando a viagem é um pouco mais longa, levamos atividade para fazer durante a viagem; no caso de viagens mais curtas ou corridas, deixamos para recuperar o conteúdo perdido na volta.

3- Evitar viagens próximas das provas

Procuramos evitar viagens em semanas de provas, bem como nas semanas que as antecedem. Isso para poder ter pelo menos uma ou duas semanas para colocar o conteúdo em dia e ter tempo de assimilar aquilo que foi dado enquanto ela estava fora.

O calendário oficial de prova na escola dela só é informado dias antes, mas sempre sabemos mais ou menos em qual semana vão ocorrer, então tentamos organizar para evitar esses períodos. Até hoje não precisou fazer nenhuma prova substitutiva ou algo do gênero. Espero que nunca precise!

4- Colocar a matéria em dia rapidamente

Esse é um dos itens mais difíceis: fazer com que a criança se empenhe em fazer um montão de lição atrasada com rapidez. Ao voltar de viagem e ver que tem dezenas de páginas pendentes para fazer, minha filha dá certo trabalho, mas ficamos no pé e no geral toda lição é colocada em dia no mesmo número de dias que ficamos fora. Ex. Ficamos fora uma semana, trabalhamos para colocar a matéria em dia em 7, 10 dias no máximo. Ela faz toda a matéria dada em sala de aula e toda a lição de casa perdida durante a viagem. Por enquanto tem dado certo!

5- Envolver a criança na decisão

É importante que a criança saiba que está perdendo aula, que os amigos estão estudando enquanto ela viaja e que na volta terá um trabalho extra. Eu já soube de algumas crianças que pediram para não viajar mais no período de aulas porque quando voltam ficam perdidas e com muita atividade pendente, então preferem não ir. Então a criança estar ciente e de acordo é importante. A nossa está sempre de acordo e já dá um trabalhinho para colocar a lição em dia, imagine se viajasse contra vontade 🙂

E criamos nela também a “cultura” da importância de tirar boas notas logo nas primeiras provas, pois assim ao longo do ano fica mais fácil “fugir” rapidinho para alguma viagem necessária. Viajamos no fim de setembro e ela está com notas ótimas e precisando de pouquíssimos pontos para fechar o ano. Se estivesse precisando de notas, seria mais complicado. Então ela mesma já sabe o que precisa para conciliar viagens e escola.

 

Ela está no 4º ano e essas dicas para conciliar viagens e escola têm dado certo até agora; esperamos que durante o Fundamental II isso possa ser mantido assim, apesar de ser muito mais difícil.

Veja também a blogagem O que minha filha aprendeu viajando.

Estão participando também dessa blogagem coletiva os seguintes blogs:

Viagens que Sonhamos – Francine Agnoleto
Viajar heiPatrícia Tayão
Vamos Por Aí – Carol Miranda
Diário de Viagem – Adriana Pasello
Viajo com filhos – Patrícia Papp
Felipe, o Pequeno Viajante Claudia Rodrigues
Cantinho de Ná – Cynara Vianna
Família Viagem – Monica Souza
Viajando em Familia – Debora Galizia
Do RS para o Mundo – Andrea Barros
Passeiorama – Guaci Rhein
De Primeira Viagem – Aline de Aguiar
TripBaby – Tati Milani
Dicas da Rege – Regeane Nicaretta
Trilhas e Cantos – Liliane Inglês
O Rei do Hotel – Luciana Leal
Ases a Bordo – Ana Luiza Ogg Strauss
No Mundo com a Gente Solange Martinenko Spiess
Ferinhas Viajantes Ana Paula Lima
Vem pro Parque Daniela Zambelli Xavier
Malas e Panelas – Andrea e Luciano
Para a Disney e além – Isabel e Carlos
Descansa na Volta – Angelica Figueiredo

Roteiro Renatours – Renata Ungier
Espelho de Si – Tricia Ferreira
Gosto e Pronto – Debora Segnini

Já conhece os serviços da Andreza?

26 comentários em “5 dicas para conciliar viagens e escola – Blogagem Coletiva”

  1. Andressa,

    Aqui viajamos sempre fora do período de férias escolares pq é praticamente impossível para meu marido tirar férias em Julho, Dezembro e Janeiro.

    A Gigia está no 5 ano, e este ano vai faltar 15 dias de aula e fui na escola conversar, foi super tranquilo. Ano passado foram 22 dias, na volta ela teve 4 dias pra estudar e fazer as últimas provas do ano (bem doida né? rsrsrs) e as notas nessa avaliação foram as mais altas do ano inteiro, vai ver ela estava ainda empolgada por conta da viagem e isso ajudou a ter força de vontade de estudar.

    Aqui tb não faltam aula se não for pra viajar ou quando estão doentes. Excelente post!

  2. Conversamos bastante sobre esse tema já, não é?! E temos a mesma opinião. Aqui em casa fazemos exatamente como você, mas viajamos bem menos agora fora das férias escolares – Pedro está no final do oitavo ano e está cada vez mais difícil escapar!!! Um bj

  3. Oi, Andressa. Planejamento é tudo, né? Mas me estressei muito para por a matéria em dia depois de uma viagem para um congresso, em que a Valen perdeu 4 dias de aulas seguidos… Nunca mais! bj.

  4. Que bom Andreza que tem dado certo… Mas a Luna, que tem a idade da minha Julia, certamente tira tudo de letra. No Fund 2 as coisas tendem a complicar… mas ela sempre for dedicada vai conseguir te acompanhar né? sortuda!!! beijo grande, excelente post e dicas.

  5. Oi!

    Bem legais as tuas dicas, concordo com todas! Acho bem importante envolver a criança e ter este cuidado com a escola!

    Também passo por super dilemas, se levo, não levo, mas agora que os meus estão crescendo (o Pedro está indo para o 9º ano), a situação está cada vez mais complicada… mas a gente sempre faz malabarismos e planeja cada vez mais as viagens, principalmente quando são na alta temporada (quando tudo é mais caro e CHEIO!!!)

    beijos,

    Pati

  6. Oi Andreza
    O item 5 é fundamental na minha visão. Por isso mesmo não creio que exista uma regra que seja válida para todas as famílias. Graças a Deus, cada filho é diferente! =)
    Bjo

  7. Acho que realmente precisa ter uma parceria forte com a escola, porque algumas não aceitam muito as faltas durante o ano letivo. Se a família fizer a parte dela com estudo e não faltando provas, acho que facilita. Ótimo ler sua experiência. bjs

  8. Os 5 pontos que você citou estão no meu texto Andreza. Condordo plenamente. Além deles, tivemos a mesma inspiração para a foto de capa do post :).

  9. acho que vc está no caminho certo, eu sempre ficava pensando como seria quando a Isah chegasse mais a frente, será que teríamos de parar de viajar e nada disso, continuamos ate agora e ela já está terminando o oitavo ano, está dando tudo certo até agora rsrsrrsrs
    abraços

  10. Andreza, por aqui nosso filhote também só falta por motivo de viagem, também quase não fica doente, o que já ajuda bastante. O difícil mesmo é colocar a matéria em dia depois!
    Abraços!
    Patricia Tayão.

  11. Mas jura que tem gente que pensa que a pequena não estuda? Que doideira! Adoro seu blog e acho suas dicas super valiosas, entendo que deva ir algumas vezes por ano para Orlando a trabalho e levar a filhota, por isso gostei das dicas que deu. Quando chegar minha hora estarei com várias dicas da blogagem. Bjs!

    1. Oi,
      Guaciara
      É serio tem gente que acha que ela não estuda….o pior é que eu faço ela se esforçar bastante para tentar fechar as matérias o quanto antes e precisar de pouca nota no final justamente para ela conseguir viajar sossegada.
      Abraços e Obrigada

  12. Por aqui já estamos reduzindo as viagens durante as aulas. Tentando encaixar finais de semana e feriados prolongados.
    As atividades para colocar em dia acabam irritando a filhota e tirando boa parte da felicidade pela viagem. =(
    Uma pena, mas nada que um bom planejamento não ajude! =)

  13. Oi, Andreza, entendo e sei perfeitamente como é esse “trabalho” que as crianças dão quando voltam de viagem para colocar as tarefas em dia… Mas acho bem legal que você permita que a Luna decida e que bom que a escola entende a situação de vocês, uma família que tem a viagem como carreira! Muito bom ler sobre sua opinião. abraços!

    1. Oi,
      Carlos
      Com certeza…algumas situações eu e meu marido gostamos de dividir com a Luna, acho isso importante.
      Abraços e Obrigada

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *