/ Minha vida e a Disney

Minha vida e a Disney: Episódio 6 – Jan/ 2010

Saímos no último episódio de 2001 e vamos para 2010. Isso mesmo, foram quase 9 anos sem pisar na Disney. Mas foi um período muito intenso na minha vida. Muita coisa aconteceu… Mas antes disso, vamos falar do mundo. O mundo ficou louco de vez; depois dos atentados de 11 de setembro, o mundo mudou…

Tivemos guerras, outros atentados menores, ameaças… Tudo mudou a partir dali e não voltou ao normal até hoje. Viver sem internet e sem telefone celular se tornou quase impossível. Aliás nesse período um simples telefone celular já passou a ser câmera, filmadora, computador, agenda, “walkman”… Tudinho num único aparelho!

O Lula se tornou presidente do país em 2003 e o resto você já sabe…

Bem, vamos voltar à minha vida…

Lembram-se que no post passado eu fiquei noiva? Pois é, em outubro de 2003 nos casamos. Foi uma linda festa, apesar de não ter sido grandiosa.

Foi uma noite muito especial…

E nosso casamento teve uma overdose de rede Accor de hotéis: a festa foi no Novotel Center Norte, a noite de núpcias no Sofitel Ibirapuera e lua-de-mel no Sofitel Salvador e Sauípe. Por isso temos grande carinho por esses locais. Alguns desses hotéis nem são mais Sofitel, infelizmente…

Para fazermos a festa que sonhávamos e montar o nosso apartamento como queríamos, é claro que tivemos que gastar, então foi um período de aperto de cinto e poucas viagens, mas tudo saiu como planejado e ficou lindo!!

Só voltei a viajar um ano após o casamento, em outubro de 2004. Fui para a Europa com o meu pai. Marido não quis ir; preferiu usar o dinheiro para comprar uma moto. E eu, que não recuso uma viagem por nada, fui… E cá entre nós, se fosse hoje, ele teria ido com a gente, com certeza; foi mordido depois pelo bichinho das viagens também.

Bem, voltando à viagem à Europa. Foram 22 dias por 5 países QUASE como mochileiros. Só não era porque tínhamos malas de rodinha… Foram 11 hotéis, viagem de carro, trem, avião. Hotel ótimo, hotel ruim… Calor, frio, neve… Teve de tudo e foi… inesquecível!!!

Passamos pela Inglaterra, onde visitamos Londres e Windsor, sendo minha segunda vez na terra da rainha. Fizemos também Alemanha, onde conhecemos Frankfurt, Munique e outras diversas cidades através da Rota Romântica. Foi ali que conhecemos o Castelo de Neuschwanstein, que teria servido de inspiração para Walt Disney para a criação do Castelo da Cinderela. Tá explicado porque gostei do lugar… 🙂

Frankfurt

Rota Româmtica - Alemanha

Munique

Passamos também pela Suíça e conhecemos Zurique, Zermatt e St Morits. De Zermatt para St Moritz fizemos uma viagem num trem com janelas enormes de vidro. A viagem dura o dia inteiro e tem uma paisagem estonteante. O maior frio que eu já senti na vida foi em Zermatt, quando pegamos -20º, pois resolvemos visitar um montanha (que não me lembro o nome, mas ainda vou achar…) e tava um frio e um vento de rachar lá em cima…

Zurique

Zermatt

St Moritz

De lá seguimos para Itália, onde visitamos Veneza, Roma, Vaticano… Minha segunda vez na terra dos meus ancestrais… E para finalizar, Barcelona, uma cidade simplesmente linda e colorida!!!

Veneza

Roma

Vaticano

Barcelona

Lembra que falei no episódio anterior que meu pai é um ótimo cara para viajar? Pois é, essa viagem comprovou isso mais que nunca…

Bem, em outubro de 2005 eu e o marido fomos para Chicago e Nova Iorque. Chicago estava frio, mas com dias lindos. A cidade é muito bacana e adoramos o local. Aproveitamos, já que adoramos parques temáticos, para visitar o Six Flags Great America, onde tivemos a nossa pior-melhor experiência com montanhas-russas até hoje na Supermam – The Ultimate Fight, uma montanha-russa fdp e sensacional ao mesmo tempo… Super, ultra, mega recomendada para quem curte…

Chicago

Chicago

Six Flags Great America

Six Flags Great America

Em Nova Iorque tivemos menos sorte: choveu praticamente todos os dias, então isso atrapalhou um pouco, mas é melhor a Times Square com chuva, que a Praça da República com sol 🙂 Fazíamos city tour de capa de chuva… Segundo os canais de TV não chovia daquele jeito em Nova Iorque no mês de outubro desde 1901… Ninguém merece!!!

E aproveitamos para assistir um jogo de hóquei no gelo, algo incomum no Brasil. E é claro que fomos visitar a Disney Store, que na época ainda ficava na 5ª Avenida; hoje está localizada na Times Square.

Nova Iorque

Nova Iorque

Nova Iorque

Nova Iorque

Disney Store Nova Iorque

Disney Store Nova Iorque

Aliás nessa viagem para Chicago e Nova Iorque voltamos com carrinho de bebê, brinquedos, babá eletrônica… pois já tínhamos a intenção de ter um bebê. Pensando bem foi meio loucura… E se eu não engravidasse? O que ia fazer com aquela tralha?

Mas em janeiro de 2006 descobrimos que nosso bebê estava a caminho. Em maio soubemos que seria uma menina… Alegria total!!!

E no dia 25 de setembro de 2006 chegou nosso maior tesouro… Um tesouro de somente 2,570kg e 46cm, mas extremamente valioso…

E a nossa gostosa foi crescendo…

E decidimos que só viajaríamos com ela quando ela já entendesse um pouco mais, que já estivesse fora das fraldas… Então nada de viagens nesse período…

Eu fiz uma viagem de 5 dias com duas amigas em novembro de 2007 para algumas comprinhas… Mas ela e o marido ficaram por aqui.

Nova Iorque

E já tínhamos em mente que a levaríamos para a Disney em janeiro de 2010, quando já estaria com 3 anos. E ela foi crescendo, fazendo aniversário até que de repente… tinha 3 anos!

Durante o ano de 2009 fui ensinando o que era Disney, mostrando fotos, assistindo desenhos da Disney, falando do Mickey e automaticamente ela foi “condicionada” a pedir para o Papai Noel uma viagem à Disney. E no Natal não é que o bom velhinho “trouxe” a viagem?

Na verdade ele trouxe uma caixa cheia de itens para usar durante a viagem: camisetas, calcinhas, chuquinhas de cabelo, escova de dente… tudo da Disney. E ainda veio orelha da Minnie, caderno de autógrafo… uma infinidade de tranqueiras! Ela ficou doida e dizia que ia conhecer a “Dizem”. “Eu vou para a Dizem” ela repetia… Foi emocionante!

E no dia 04 de janeiro embarcamos para a viagem que eu sonhava há anos: quando eu levaria meu filho (ou filha) para a Disney.

Falei um pouco dessa viagem nesse post, então não vou contar tudo de novo, mas foi uma emoção incrível…

A pequena ficou encantada com os personagens. A cada personagem que encontrava, queria o caderno para colecionar autógrafo. Caderninho sempre em mãos! E a gente sempre na fila para encontrar mais um personagem para a coleção.

Nos primeiros dois dias ainda ficava com um pouco de vergonha, não sabia como agir… Mas a partir daí, ela mesma já ia em direção aos personagens. Muito fofo!!!

Tirando o frio que foi suuuper intenso naquele ano, a baixinha se divertiu adoidado…

As vezes desmaiava no seu carrinho… Mas afinal, até as princesas dormem!

E nós fomos em todas as atrações infantis que nunca tínhamos ido antes… Foi divertido, pois conhecemos atração que nunca tínhamos nem visto…

Aproveitamos para introduzir à pequena ao Hard Rock Cafe, local que os pais são viciados e para conhecer o Characters in Flight. E tivemos a oportunidade de estar numa das últimas refeições com personagens no Liberty Tree Tavern, que atualmente não é mais com personagens.

E o que mudou por lá? A área Mickey’s Toontown ainda existia e as casas do Mickey e da Minnie ainda estavam por lá e fez a alegria da minha filha. Um ano depois essa área foi fechada para a construção da Nova Fantasyland.

E as novidades?

No Magic Kingdom tinha sido inaugurada a Mickey’s PhilharMagic. E no Animal Kingdom, a Everest e o show Finding Nemo.

Finding Nemo

Everest

No Hollywood Studios a novidade era Toy Story Mania e no Epcot, The Seas with Nemo and Friends e a fantástica atração Soarin.

Soarin

Toy Story Mania

Na Universal Studios, as novidades eram Revenge of the Mummy, Hollywood Rip Ride Rockit e Simpsons. Aliás, nessa última atração, que exige altura mínima de 1,02m, colocamos nossa filha, na época com 1,00m. A coitadinha é traumatizada até hoje, pois achou que tudo o que acontecia no simulador era de verdade.

Revenge of the Mummy

Simpsons

Hollywood Rip Ride Rockit

Fomos ao SeaWorld e por lá a novidade do momento era a Manta. E assistimos um dos últimos shows da Shamu com os treinadores na piscina junto com as baleias. Mais ou menos um mês depois aquela treinadora foi morta por uma das baleias na piscina e depois disso os treinadores não entram mais na piscina com os animais.

Sea World

Bem, e aí voltamos cheios de planos para voltarmos para lá, já programando outra viagem para setembro de 2011. E é para que vamos no próximo episódio…

Já conhece os serviços da Andreza?

12 thoughts on “Minha vida e a Disney: Episódio 6 – Jan/ 2010”

  1. Andreza, estou AMANDO os seus relatos "Minha vida e a Disney"!!!
    Eu amo aquele lugar e sempre fico emocionada com relatos de pessoas que gostam de lá tanto quanto eu!!! Já fui 5 vezes e se Deus quiser irei tantas outras!!!
    Estou planejando um bebezinho para o ano que vem e confesso que me emocionei muito com o relato de quando você levou sua filhinha!!!
    Quando ele(a) tiver 3 aninhos com certeza irá conhecer a Disney!!!
    Parabéns pelo blog maravilhoso!!!

    bjoquinhas

    1. Olá, Marília
      Muito obrigada.
      Realmente tem sido bem bacana recordar esses momentos.
      Depois volte para contar sobre esses planos de bebezinho 😉
      Abraço e obrigada

  2. Amei os seus episódios!!!
    Amo Orlando de paixão!!!
    Não vejo a hora de ir novamente!!!
    Parabéns pelo blog!
    bjoquinhas

  3. Adorei!!! Eu também casei em 2003 só que em setembro, o meu filho nasceu em 2006, mas em janeiro e fomos para a disney em outubro de 2010. Esse ano vamos voltar em dezembro, meu filho com 7 anos e filhinha com 2 anos..passar o natal em NY e ano novo/níver do filho em Orlando….bjs
    Viviane

  4. Oi, seu blog é ótimo!
    A montanha que vc visitou em Zermatt era o Matterhorn, o ponto mais alto de observação dos alpes…
    Moro na Suíça…
    Camila Oliveira

  5. Adoro seus relatos. É a segunda vez que leio. Sempre sonhei em viajar pra Disney de Orlando, principalmente durante os anos 90, que foi quando eu mais implorei pros meus pais me levarem. Tive a oportunidade de conhecer Paris em 2003 e não pensei duas vezes, eu tinha que visitar um parque da Disney, por isso gastei meu dia todo lá, e não me arrependo. Quando visitei a primeira atração, a Panthom Manor (Haunted Mansion), finalmente compreendi o porquê dos parques da Disney serem tão especiais. Somente em Novembro de 2014 pude visitar Orlando com minha mãe, primeira e até agora única vez, e são momentos que vou lembrar pro resto da minha vida. Entrar no Magic Kingdom depois de ter sonhado com a Disney por quase 30 anos ainda é algo difícil de descrever. Acho que sonhei tanto com a Disney que, 4 meses depois de visitar Orlando, algo impossível aconteceu, minha viagem, novamente com minha mãe, pra Califórnia, onde claro, não abri mão de conhecer a Disneyland. Sou eternamente grato por ter tido essa oportunidade de conhecer o parque original da Disney, mas falo com toda a franqueza que, nada, mas nada supera aquilo que senti quando fui pra Orlando. Pretendo voltar pra Orlando, talvez em Outubro de 2017, levando novamente minha mãe, porque ela foi a única pessoa que acreditou no meu sonho, desde criança, e por isso tem o privilégio de viajar pelo mundo inteiro comigo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *