/ Hollywood Studios

Como ficou a nova área Star Wars Galaxy’s Edge no Hollywood Studios

Finalmente a espera acabou! Praticamente depois de 4 anos do anúncio que uma área Star Wars seria construída no Hollywood Studios, a nova land Star Wars Galaxy’s Edge está pronta. A área foi oficialmente aberta dia 29 de agosto e vamos nesse post contar todos os detalhes.

A primeira informação importante é que toda a nova área Star Wars está pronta e em pleno funcionamento. Exceto a atração Star Wars: Rise of the Resistance,que será aberta somente em 05 de dezembro. Mas todo o resto está prontinho e ficou simplesmente incrível.

O que eu achei bem legal é que não precisa ser fã da saga para curtir a nova área. Ela é tão grande e tão cheia de detalhes, que até quem não entende nada de Star Wars vai ficar impressionado com o visual. Tudo é muito impactante. Disney sendo Disney e arrasando como sempre. Mesmo porque muita coisa da área foi criada e nunca nem apareceu em nenhum dos filmes.

Fizemos um vídeo bem completo da área e está no nosso canal do Youtube. Confira e assine nosso canal.

O Hollywood Studios tem passado por uma série de mudanças: em janeiro/2015 o chapéu foi removido e algumas atrações foram fechadas. A Toy Story Land já está aberta no parque e operando a todo vapor. Novas inaugurações no Hollywood Studios já foram divulgadas e já contamos aqui no blog.

Mas essa área é sem dúvida uma das mais esperadas da Disney. Estima-se que pode haver filas só para entrar na área quando ela for inaugurada. Mas como a Disney já abriu a área na Disneyland, já fez eventos exclusivos para funcionários e portadores de passe anual, pode ser que nem fique tão muvucado quanto se espera, pois muita gente já conheceu.

A Disney criou um método de fila virtual para acesso à área. Esse agendamento é feito através do aplicativo My Disney Experience somente no dia da visita e quando estiver dentro do parque. Para entrar na fila você deve clicar em Star Wars: Galaxy’s Edge – Status and Access. Se o ststus estiver Open, não há fila e você pode seguir para a área diretamente. Se o status for Access by Boarding Group Only, significa que você tem que entrar na fila virtual. Enquanto está na fila virtual você pode curtir outras coisas no parque. A fila virtual só precisou ser usada por enquanto no dia de abertura; nos demais dias ficou liberada o dia inteiro sem maiores complicações.

Quem é hóspede da Disney terá a possibilidade de curtir a área durante as Extra extra Magic Hours, quando o parque vai abrir 3 horas antes para os hóspedes, o que será uma vantagem e tanto.

No início das operações das atrações não haverá fastpass. Não sabemos até quando ficará assim, mas por enquanto não tem.

Como é a nova Star Wars Land

A nova área tem 14 hectares, sendo a maior área de um único tema nos parques Disney. No Hollywood Studios a Galaxy’s Edge tem duas entradas, uma principal entre o Star Tours e a atração dos Muppets e outra pela Toy Story Land. Na Califórnia, onde a área é idêntica e foi inaugurada em 31 de maio, a diferença é que tem três entradas.

A Star Wars Galaxy’s Edge é composta por duas grandes atrações, restaurantes, lojas e personagens Star Wars. Lembrando que a segunda atração só será inaugurada em dezembro. A área é a representação do planeta Batuu, que nunca foi mostrado em nenhum dos filmes da série.

Batuu é um planeta distante, localizado na fronteira do Espaço Selvagem, uma região desconhecida de outros sistemas estrelares. Batuu já teria sido um lugar próspero, mas atualmente seria o local onde fica o Black Spire Outpost, um porto para contrabandistas, aventureiros e comerciantes servindo de refúgio seguro para aqueles que desejam evitar o alcance da Primeira Ordem.

Ao chegar na área pela entrada principal, nos deparamos com um grande portal. Passando esse portal, cruzamos um túnel, até que estamos em Star Wars Galaxy’s Edge propriamente dita.

A área é gigantesca e duas coisas me chamaram a atenção: 1- como a área é isolada do resto do parque. Você não tem nenhum visão da área de fora; você fica realmente em “outro planeta”. 2- como a área tem espaços livres, cantinhos vazios… Isso dá uma amplitude para a área e deixam espaços que podem ser usados para shows, quiosques ou outras opções no futuro.

E como é um porto, muitas naves estão estacionadas ao redor da área. A mais famosa é a Millenium Falcon, nave usada por Han Solo nos filmes, com o seu co-piloto Chewbacca. É também a mais cobiçada, pois é dentro dela que se passa uma das atrações, Millennium Falcon: Smugglers Run.

Existe também uma área chamada Market, que é um mercado com várias lojas e alguns quiosques de petiscos. Essa parte ficou bem legal, porque é bem rica em detalhes.

Muitos robôs são vistos espalhados pela área, mas por enquanto nenhum se movimenta ou interage com os visitantes. Não sabemos se uma hora isso será implantado.

As atrações da nova área Star Wars Galaxy’s Edge

A atração que está aberta no momento é a Millennium Falcon: Smugglers Run, que coloca os visitantes dentro da emblemática Millenium Falcon. A entrada é exatamente por baixo da própria nave. A fila é impressionante; extremamente bem feita e realista.

A atração em si é um simulador de voo nas galáxias num cockpit que acomoda 6 passageiros. Duas pessoas são pilotos, duas são atiradores e duas são os engenheiros.

A estória por trás da atração é que Chewbacca levou a Millenium Falcon até o Black Spire Outpost para fazer reparos na nave. Já que precisa de algumas peças para consertar a nave, Chewie empresta a nave para Hondo Ohnaka em troca das peças. Só que Hondo é um contrabandista e vai usar a Millenium Falcon para esses fins.

O próprio Hondo Ohnaka aparece durante a fila e juro: fiquei na dúvida se era humano ou boneco, tamanha a perfeição. E nós visitantes seremos os responsáveis por levar essa nave ao espaço.

Em seguida cada visitante recebe um cartão com uma cor e uma função na nave. São 6 cartões de cada cor, que são entregues para cada uma das pessoas que ficarão na nave. Esqueci de fotografar o cartão, mas fique atento na função escrita no seu cartão: “pilot” são os pilotos que sentam na frente, “gunners” são os atiradores, que sentam na segunda fileira e os “engineers” que sentam na terceira fileira.

Antes de seguirmos para a nave, somos direcionados para a sala onde tem a mesa de Dejarik, uma espécie de jogo de xadrez, que existe dentro da Millenium Falcon e já apareceu em alguns filmes. Geralmente nessa sala ficam pessoas de 4 a 5 cores diferentes, ou seja, em torno de umas 20 pessoas no total aguardando o momento de embarcar. E todas querem sentar na tal mesa para uma foto antes. Mas o tempo de espera nessa sala é bem rápida e vi algumas pessoas não conseguirem tirar a tal foto, porque já foram chamadas para embarcar. Então assim que entrar nesse espaço, já se posicione na filinha para fotos.

Um funcionário vai chamar pela cor e você e as outras 5 pessoas da mesma cor serão direcionados para a nave. Cada uma deve sentar no respectivo lugar e colocar o cinto.

Nós fomos duas vezes: uma como pilotos e outra como atiradores. Não testamos a posição de engenheiros, mas já sabíamos e está comprovado, que a melhor posição é a de piloto por duas razões: 1- você fica mais perto da tela e tem melhor visão do percurso. 2- você tem o comando da nave e pode realmente pilotá-la. O piloto que senta à direita tem acesso ao manche que sobe e desce a nave e o piloto que senta à esquerda tem o manche que controla a nave na horizontal, para cá e para lá. Então temos que sincronizar os movimentos de um piloto com o outro para não bater (ou bater menos) a nave. Os atiradores basicamente apertam um botão para disparar tiros contra os adversários.

A sensação da atração é similar à do Star Tours, existente no Hollywood Studios. Não dá enjoo nem é radical; é uma atração leve, destinada a toda família. Crianças a partir de 97cm podem participar. Tem fila single rider. É uma atração bem divertida, mas não é a atração top dessa área.

Star Wars: Rise of the Resistance, que abre em 05 de dezembro no Hollywood Studios e 17 de janeiro na Disneyland, é a que promete ser uma das atrações mais perfeitas da Disney. A expectativa está bem grande, pois alguns dizem que será melhor que a Flight of Passage do Avatar. O boato é que a atração vai demorar 30 minutos; ainda não conseguimos entender muito bem como será isso.

Ela colocará os vistantes no meio de uma batalha épica entre a Resistência e Primeira Ordem (Império), permitindo personalizar a experiência. Eles prometem que tudo será muito realístico, e nada sairá do tema Star Wars. Essa atração, que terá BB-8 como destaque, terá uma fila que levará a ruínas alienígenas do planeta Batuu. Os visitantes entrarão em cavernas, que serão representações de abrigos da Resistência. Nien Nunb, BB-8 e Rey são alguns dos personagens que serão vistos no pré-show. Depois do embarque os visitantes vão se deparar com troppers, Kylo Ren, Finn, entre outros.

Por enquanto somente a fachada da atração está à mostra.

Novos restaurantes na Star Wars Galaxy’s Edge

A nova área conta com algumas opções de restaurantes e bares. O principal e maior restaurante é o Docking Bay 7 Food and Cargo. E foi onde almoçamos. O ambiente é bem interessante e também cheio de detalhes. Conta com área interna, mas também mesas na parte externa.

Eu comi o Yobshrimp Noodle Salad, salada de noodles com camarão e meu marido pediu o Fried Endorinna Tip-Yip, frango frito, com purê de batata e molho de ervas. Eu pedi também a bebida Sour Sarlacc, suco de limão com framboesa e manga.

Yobshrimp Noodle Salad e Sour Sarlacc
Fried Endorinna Tip-Yip

Os dois pratos estavam gostosos. Mas acho que muita gente deve achar condimentado demais. Minha salada tinha pimentão, cebola roxa e coentro, por exemplo, coisas que não é todo mundo que gosta. O purê e o molho do prato do meu marido também eram fortes. Para o nosso paladar estava gostoso, mas já aviso, porque sei que muita gente não vai gostar.

Além desses, existem mais 4 opções de prato no almoço e jantar e 3 no café da manhã.

Já a tal bebida, meu Deus que treco doce. E olha que eu gosto de coisa doce. Pelos ingredientes parecia tão refrescante, mas achei muito enjoada. Deixei o gelo derreter, misturei meio copo de água e ainda assim estava doce. Eu não pediria de novo, ou pediria dividindo em dois copos e misturando mais água ainda para deixar mais leve.

De sobremesa pedimos as únicas duas que existem: Batuu-bon, bolo de chocolate com mousse de chocolate branco e calda de café e a Oi-Oi Puff, creme puff de framboesa e mousse de maracujá. As duas são gostosas; não são “de outro mundo”, mas são bem melhores que muitos doces americanos.

Em outra visita eu pedi o Braised Shaak Roast, que é uma massa com uma carne com molho super macia em cima com cogumelos. O melhor prato que provei lá até agora. Delicioso! E pedi a outra bebida que não experimentei da outra vez, a Moof Juice, com suco de frutas, laranja e abacaxi. Muito mais gostosa que a outra e bem levinha. Aprovada!

Braised Shaak Roast com Moof Juice

Minha filha pediu a versão kids do frango, que chama Fried Endorian Tip-Yip, que ao invés de vir com purê, ele vem com mac’n’cheese e brócolis. Bem gostosinho.

Achei esse restaurante excelente. Pratos e talheres de verdade; nada de descartáveis; a apresentação dos pratos é bem bonita… Mas as porções não são grandes, então quem pensa em dividir prato, não é uma boa opção. Os pratos custam de US$13,00 a US$19,00 e as sobremesas US$7,00 cada.

A outra opção de restaurante, que é mais uma lanchonete, é o Ronto Roasters, que tem como carro chefe o Ronto Wrap, uma espécie de cachorro-quente num pão pita. Além disso só serve dois tipos de lanche de peru. Os lanches custam de US$8,00 a US$12,00. O mais legal desse restaurante é o robô fazendo churrasco de criaturas no rolete 🙂

Ronto Wrap,

Nenhum desses dois restaurantes precisa de reserva e os dois operam como quick do Dining Plan.

O lugar que precisa de reserva e está levando todo mundo a achar que é um restaurante é a Oga’s Cantina, mas na verdade lá é um bar que só serve bebidas (alcoólicas ou não) e serve um único tipo de petisco estilo salgadinho e um prato de frios, que foi lançado recentemente e não está o cardápio.

O lugar é popular e muito concorrido por ser inspirado na famosa Mos Eisley Cantina, que aparece em alguns filmes da saga. A reserva da Oga’s Cantina é feita diretamente no site da Disney ou no aplicativo My Disney Experience e só tem sido possível entrar com reserva. Além disso, por enquanto o tempo permitido de permanência lá dentro é de 45 minutos. As bebidas custam de US$6,00 a US$18,00.

Nós estivemos lá para conhecer. O lugar é bem legal, também cheio de detalhes na decoração, principalmente no bar, mas é bem apertadinho. Fica um pouquinho muvucado. Além disso a maioria das pessoas acabam ficando de pé, pois são poucas mesas e muitos ficam em balcões. Além disso, cada mesa/balcão acomoda em torno de 8 pessoas, então geralmente você vai ficar com outras pessoas na mesma mesa.

Apesar disso o lugar é animado. Tem música; aliás o DJ é um robozinho. Uma curiosidade: ele era um robô que ficava na atração Star Tours no passado. Às vezes os garçons cantam. É divertido.

Na nossa visita pedimos três itens. O Cliff Dweller, que vem no copo do Porg (suco cítrico estilo raspadinha, com coco e refrigerante de gengibre), o Carbon Freeze que é uma bebida linda que sai fumaça e borbulha e também gostosa (isotônico de limão, morango, blueberry e bolinhas de maçã verde que estouram na boca) e o Oga’s Obsession, que na verdade é mais um doce do que uma bebida; uma espécie de sagu das bolinhas que estouram (bolinhas de blueberry e limonada, com cobertu de frutas secas e algodão doce). Super diferente e gostoso.

Leia visitando a Oga’s Cantina 🙂

Outra coisa famosa na área Galaxy’s Edge é o Green Milk e o Blue Milk. São bebidas que aprecem ou são citadas rapidamente em alguns filmes e agora são servidos no Milk Stand, um quiosque que vende… só leite verde e leite azul, nas opções com e sem álcool. Ambos são de coco com leite de arroz. O verde é cítrico (apesar de ter um certo gosto de abacate) e o azul é mais adocicado; gosto meio de tutti-frutti. Cada um custa US$8,00 (sem álcool).

Mais algumas sensações da Star Wars Galaxy’s Edge são a pipoca Outpost Popcorn Mix vendida no Kat Saka’s Ketle. É uma picoca nas cores vermelha e roxa que é salgada, doce e levemente apimentada ao mesmo tempo. Custa US$6,50 cada uma. Se for no balde refil, fica US$20,00.

E a última sensação da área são as bebidas engarrafas da Coca-Cola em formato esférico e escrito no alfabeto Aurebesh, usado nos filmes. Elas estão tão populares que está restrita a venda de 3 por pessoa. A água custa US$4,25 e os refrigerantes US$6,00 cada. São vendidos em diversos quiosques.

Lojas na Star Wars Land

A nova área do Star Wars no Hollywood Studios muitas lojas e quiosques vendendo todo tipo de produto como roupas, brinquedos e uma variedade de souvenirs. São 8 lojas no total. Todas são incríveis e muito bem decoradas.

O destaque fica para a Dok-Ondar’s Den of Antiquities, uma loja incrível. A decoração é tão cheia de detalhes, que demorei alguns minutos para prestar atenção no que vendia, pois estava só prestando atenção na decoração.

Dok-Ondar – Animatrônico impressionante que fica na loja

Na estória da área esse local é uma loja de antiguidades de propriedade de Dok-Ondar, que fica dentro da loja. Ele supostamente é um comerciante que recolhe e vende relíquias, algumas roupas (leia-se fantasias), peças raras, jóias, estátuas e pedras de diversas épocas diferentes. É uma loja bem para fã, mesmo, que quer comprar uns itens diferentes e decorativos.

Outra loja destaque na minha opinião é a First Order Cargo, uma base da Primeira Ordem instalada em Black Spire Outpost. Tem um umas camisetas e blusas bem legais.

Uma outra loja que eu achei bem legal, mas só é válida para quem quer comprar uma fantasia, mesmo, é a Black Spire Outfitters. Vende roupas femininas e masculinas, como hobbies e mantos. Mas é o tipo da coisa que ninguém usa na rua no dia-a-dia.

Mas as duas grandes sensações são as lojas para montar o seu próprio sabre de luz e o seu androide. Na Savi’s Workshop os vistantes são imersos numa experiência de escolher e montar o seu sabre. A experiência leva em torno de 20 minutos e é realizada dentro de uma espécie de caverna, já que deve ser algo escondido para não serem encontrados pela Primeira Ordem.

A experiência tem que ser reservada com antecedência no site da Disney e custa US$199,00. Nesse valor está incluso o sabre montado e um case para carregá-lo.

Balcão para check-in da Savi’s Workshop

E outra experiência que deve ser reservada, mas que é mais barata, é a de montar o próprio androide na Droid Depot. Você escolhe as peças e o monta ali, mesmo. Esses robôs podem ser controlados através de um controle remoto. Eles andam e emitem sons. Ainda existe o opcional de um chip personalidade para o seu robô que muda seus sons. É possível montar androides da série R (similares ao R2-D2) e da série da BB (semelhantes ao BB-8).

Essa experiência custa US$99,00 e também é reservada no site da Disney.

Além disso existem mais quiosques espalhados pela área. O Creature Stall vende bonecos de criaturas intergaláticas, a Toydarian Toymaker vende brinquedos e a Resistance Supply vende alguns itens da Resistência, principalmente camisetas.

Oportunidade de fotos na área Star Wars

Por enquanto existem muitos fotógrafos espalhados pela Galaxy’s Edge. E em cada localidade está com dois fotógrafos para acelerar as filas. Tem muitas oportunidades de fotos e de magic shots. Todas as fotos vão para o Memory Maker. Tem algumas outras opções que ainda não conseguimos tirar.

Não é mais possível inserir bordas e efeitos nas fotos pelo site da Disney. Esse recurso só está disponível através do app para usuários IOS.

Star Wars Galaxy’s Edge à noite

Também vale dar uma passadinha em Star Wars Land à noite também, pois a iluminação dá um toque todo especial e transforma a área completamente.

Seria isso um Mickey escondido?

Personagens em Galaxy’s Edge

No momento não existe nenhum encontro formal com personagens na área. Só alguns circulando e quase nunca param para fotos. Vimos a Rey, Chewbacca, Kylo Ren e os Stormtroopers.

Ainda não foi informado se haverá encontro com personagens para fotos e autógrafos nessa área. Por enquanto Chewabacca, Kylo Ren e BB-8 continuam no Launch Bay.

PhotoPass_Visiting_Disneys_Hollywood_Studios_7598922017

Atrações Star Wars fora da Galaxy’s Edge

A famosa atração Star Tours continua aberta normalmente. Ela fica perto da Galaxy’s Edge, mas acabou ficando para fora da nova área.

O Jedi Training: Trials of the Temple, treinamento jedi para crianças, continua ocorrendo em frente ao Star Tours nos mesmos moldes.

O Launch Bay, uma área com exposições, detalhes dos bastidores e produtos especiais e onde posam os personagens ainda está lá, mas eu acredito que será fechada em alguns meses, pois não faz mais o menor sentido esse espaço.

Também ainda é apresentado o show, o Star Wars: A Galaxy Far, Far Away, que conta com a presença de Chewbacca, Kylo Ren, Darth Vader, Darth Maul, entre outros, em frente ao Teatro Chinês. É basicamente um desfile de diversos personagens do bem e do mal. Também não sabemos se esse show será transferido para dentro da Galaxy’s Edge.

IMG_8225

E para fechar o dia com chave de ouro Star Wars: A Galactic Spectacular, o show noturno que mistura pirotecnia com técnicas de projeção de imagens, sincronizados com músicas do filme. Simplesmente incrível.

20160105_200845

Ainda está ocorrendo um buffet de sobremesa com vista para os fogos pago à parte. O valor é de US$79,00 por adulto e US$45,00 para crianças e a reserva pode ser feita diretamente no site da Disney e os visitantes ainda ganham um brinde. Contei sobre esse buffet nesse link; apesar de ter mudado um pouco, mantém a mesma essência.

A Disney também tem de um tour vip focado nas atrações de Star Wars, que contamos aqui no blog. Esse tour não inclui a nova área ainda.

Desde que comprou a Lucas Film, e consequentemente se tornou a dona da marca Star Wars, em 2012, a Disney tem investido pesado em eventos, produtos e até corridas com o tema Star Wars.

E o Hollywood Studios já era, há muitos anos, a sede do evento Star Wars Weekends, que já contamos aqui no blog, que ocorria entre maio e junho, porém a Disney suspendeu o evento em 2016 e anunciou que ele não voltaria a ocorrer. Quem sabe voltem com algo parecido no futuro depois da inauguração da Galaxy’s Edge. Estamos torcendo!!!

Aqui em casa com certeza teremos 3 grandes frequentadores dessa nova Star Wars Land… 🙂

star wars land

Post atualizado pela última vez em agosto/2019

Já conhece os serviços da Andreza?

10 thoughts on “Como ficou a nova área Star Wars Galaxy’s Edge no Hollywood Studios”

  1. Que noticia maravilhosa!!! Andreza!!! Meus filhos amam Star Wars principalmente o maior e eu tbm adoro!!! Ainda nao fomos a Disney e tenho a certeza que depois da primeira vez iremos muitas e muitas vezes…..com Strar Wars entao…..tenho que me preparar……kkkkk Muito obrigada!!!!

  2. Boa noite! Você sabe me informat como posso fazer reserva pata uma criança participar da nova atração Jedi Training? Grata, Janaina

    1. Oi,
      Janaina
      Chegando no parque Hollywood você vai até a atração do Indiana Jones que ao lado tem um check-in para registrar a criança para o Jedi Trainning, eles vão confirmar se a criança entende algumas orientações em inglês.
      Fico a disposição
      Abraços e Obrigada

  3. Blégh!!! Tudo mentira!!! Estive lá em janeiro/2017 e as ditas atrações novas são um lixo. Parque temático mesmo é o que fizeram para o Harry Potter… Fantástico. Fica, a cada ano que passa, melhor! Já a Disney+Star Wars = frustração geral!

    1. Oi,
      Adriana
      A área do Star Wars não está pronta e não tem data definida ainda, estima-se em 2020.
      Abraços e Obrigada

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *