/ Segurança

Ataques de jacarés na Flórida – Como se prevenir

Todos ficaram muito chocados com a notícia de um garoto que foi atacado por um jacaré (ou crocodilo, não importa) num lago num hotel da Disney. Isso é verdade, realmente ocorreu, não é motivo de pânico e também não é nenhuma novidade. Presença de jacarés é muito mais comum na Flórida do que se imagina. 

A Flórida, onde fica localizada também a cidade de Orlando, é uma região pantanosa e de muitos lagos. Jacarés e crocodilos livres na natureza são muito comuns na região. Aliás, a Flórida é um dos únicos lugares do mundo que jacarés e crocodilos habitam o mesmo espaço.

Ataques, como o que aconteceu com o garoto, são raros mas não são impossíveis. O que choca é que foi dentro da Disney e com uma criança de dois anos. Mas se você procurar no Google vai encontrar centenas de casos desses animais dentro de casas, piscinas e campos de golf.

Por ano são em média 5 pessoas mordidas por jacarés, mas desde a década de 40 foram registradas menos de 30 mortes por ataques desses animais.

Então, apesar de ser normal encontrar jacarés e crocodilos, na região, os ataques não são tão comuns. Então, com um pouco de prevenção, o risco é praticamente nulo.

IMG_0054
Jacaré que nós mesmos presenciamos e fotografamos em Cabo Canaveral

Em 2017 reservamos uma casa em Kissimmee e bem atrás da casa tinha um lago bem grande. Logo na nossa primeira manhã vimos a cabecinha de um jacaré no lago.

2017-07-08 20.07.12
No começo era só uma cabecinha

Mas na nossa terceira noite na casa fizemos um churrasco no fim do dia. Imaginamos que o jacaré (ou crocodilo, sei lá) tenha sentido o cheiro e ficou bem na beirinha do lago “só de olho”. Mas de repente ele saiu do lago e veio em direção à casa.

IMG-20170708-WA0013

IMG-20170708-WA0010

Nós achamos estranho que mesmo vendo tanta gente (estávamos em 12 pessoas), ele tenha vindo na nossa direção; desconfiamos que alguém já tenha alimentado esse jacaré no passado e ele imaginou que íamos dar comida. Porque o “correto” seria, vendo a movimentação, ele se afastar.

A casa era toda cercada com uma tela, então estávamos dentro da tela e ele do lado de fora, então ele não iria entrar. Mas na casa virou aquela confusão, todo mundo falando alto, tirando foto, as crianças gritando… Ele aguardou alguns minutos e voltou para a água. Não o vimos mais nos próximos dias…

Como se prevenir de ataques de jacarés na Flórida

  • Não entre nos lagos e rios da região. Mesmo os que ficam à beira dos hotéis. Mesmo que lá não more jacarés ou crocodilos, algum pode ter migrado para lá sem que alguém saiba (que provavelmente foi o que aconteceu no caso do menino atacado na Disney).
  • Ao fazer passeios de barco em algum desses lagos, não coloque braços e pernas na água de jeito nenhum.
  • Esses animais são mais frequentes à noite. Evite ficar perto da água após o entardecer.
  • Tenha atenção ao acessar a piscina, principalmente de casas e hotéis próximos de lagos. Verifique se não há nenhum animal dentro ou na beira da piscina.
  • Não deixe lixo e restos de comida expostos em áreas abertas. Isso pode atrair também outros tipos de animais.
  • Não deixe crianças brincando sozinhas perto da água.
  • Caso encontre um jacaré ou crocodilo, mantenha distância.
  • De forma alguma alimente o animal. Isso estará incentivando que ele fique na área e relacione humanos a comida.
  • Não agrida o animal. Apesar de ser um animal perigoso, é considerado crime atacar ou matá-los. Somente chame ajuda.

Quem mora ou frequenta muito a região já está ciente desses procedimentos, mas pode ser surpresa para quem não está acostumado. Mas como dá para perceber, é só redobrar a atenção que não há motivo para pânico.

 

Se você quer encontrar jacarés e crocodilos em segurança em Orlando, sugerimos três passeios na cidade:

Boggy Creek
Gatorland
Wild Africa Trek

 

Post atualizado em julho/2017

Já conhece os serviços da Andreza?

7 thoughts on “Ataques de jacarés na Flórida – Como se prevenir”

  1. Só de pensar , fica com muito medo pois sempre que vou para Orlando adorava passear de barco nem imaginava que aqueles rios eram fora dos de crocodilos e jacaré ai que medo, só de pensar que estava perto do hotel que o pequero morreu comido pelos bichos .

    1. Oi,
      Elaine
      Realmente na Flórida temos que ficar espertos com esses animais, até porque eles são nativos dessas regiões, entre outras.
      Abraços e Obrigada

  2. Tem as contas d’Água também que são bem comuns e vistas em todos os lugares. Na casa que alugamos em Kissimmee tinha uma na piscina. Morta graças a Deus.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *